Pular para o conteúdo

Estudante muçulmano é morto em Curitiba

Compartilhe:

 

O jovem muçulmano Alex Fadi Zaher, de 22 anos, morreu no Hospital Cajuru na noite deste sábado (14), após ser brutalmente espancado na manhã do mesmo dia, no bairro Sítio Cercado, região norte de Curitiba. O homicídio é uma surpresa para a família, que relatou à polícia que o jovem não tinha inimigos, ao que tudo indica, o motivo do crime é intolerância religiosa.

O crime ocorreu por volta das 6 horas da manhã na Rua Eduardo Pinto da Rocha, a algumas ruas de distância da casa da vítima. A família do jovem declarou à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que Alex saiu de sua residência, na manhã do sábado, para encontrar um amigo, eles iriam estudar para uma prova.

Alex teve diversos cortes no rosto, um ferimento profundo no crânio e isso gerou uma hemorragia cerebral, e somente o laudo de necropsia deverá revelar com qual objeto o estudante foi agredido. O crime não teve testemunhas ou cenas gravadas por câmeras de segurança. O estudante é brasileiro, mas tem família libanesa, ele foi sepultado na manhã deste domingo no Cemitério Muçulmano Jardim de Allah, no bairro CIC.

A policia trabalha em investigar o crime, mas ainda não há provas suficientes para prosseguir, e caso não surjam mais informações, os culpados pelo assassinato podem sair ilesos de toda essa situação.