Pular para o conteúdo

Ikigai: naturalidade e espontaneidade

Compartilhe:

É um conceito japonês que se refere à razão pela qual vale a pena viver: cada um de nós tem um Ikigai e achar que exige uma longa pesquisa em si mesmos. 

O que significa

Todos nós temos um Ikigai, mas nem sempre o conhecemos. Um Ikigai é essencialmente um motivo para se levantar de manhã: é algo positivo, muito positivo, o que nos faz acordar todos os dias com um sorriso em nossos lábios, carrega-nos e nos dá o entusiasmo necessário para enfrentar o dia. 

Mas encontrar o seu próprio Ikigai não é tão simples e sua pesquisa requer uma profunda introspecção : em suma, o Ikigai “retorna” o significado da vida, mas devemos trabalhar duro para alcançá-lo.


Como fazer sentido da vida 

A palavra Ikigai entrou no nosso mundo graças à cultura japonesa: é um termo particularmente sentido no arquipélago de Okinawa- talvez você tenha ouvido esse nome porque é uma área famosa pela taxa de longevidade saudável de seus habitantes.  

E, para ser honesto, existem muitas razões que conectam o estado ideal de saúde que os habitantes dessas ilhas têm (dieta, atividade física, estilo de vida, pouco estresse e contato com a natureza) com os lótus Ikigai.  

Todo mundo no mundo tem uma “razão para se levantar de manhã”, motivo para ser feliz. Só é necessário encontrar a origem do valor da vida, o que a torna bela e vale a pena ser vivida. E uma vez que Ikigai é encontrado, através de paixões, passatempos, esperanças e desejos, chegamos à “conclusão” positiva de nossa existência.


Mas quais são os “pilares” em que esse conceito se baseia?


Para simplificar as coisas, poderíamos dizer que o Ikigai não é mais do que a interseção entre quatro aspectos fundamentais da nossa vida :

 

1) o que amamos

2) o que os outros adoram sobre nós 

3) o que sabemos como fazer 

4) o que podemos fazer pelo mundo

Quando você cria um equilíbrio pessoal entre essas quatro áreas da vida, quando há harmonia entre eles e, em essência, entre quem somos, como os outros nos veem, o que fazemos com nossas vidas e a contribuição que damos ao mundo, então nós nos sentimos satisfeitos e satisfeitos. E encontramos o nosso Ikigai.

 

Ikigai: naturalidade e espontaneidade

Cada um de nós pode tomar a nossa vida em nossas mãos para dar-lhe um significado mais profundo: é muito importante sublinhar como as atitudes e comportamentos ligados ao conceito de Ikigai devem ser completamente espontâneos, não é uma questão de ações forçadas que alguém nos obriga a realizar, mas devem ser ações naturais e espontâneas que dependem de nossos desejos.