Laguna: História e belas paisagens num só lugar

  • Por Rosangela Cafasso
  • 20/11/2017

Conhecer Laguna em Santa Catarina, é uma experiência única, com belas praias, costa pesqueira e história, a cidade é considerada um museu ao ar livre, com casas coloniais que dão ao visitante, uma viagem recheada de histórias.

Laguna em Santa Catarina foi fundada em 1676, por pessoas rurais da capitania de São Vicente.  Em 1714, Laguna foi reconhecida como município, e em 1847 recebeu o status de cidade. Laguna foi a capital da breve República Juliana em 1839.

Laguna tem por sua representatividade histórica, Anita Garibaldi, como um dos personagens mais importantes da história do Brasil, cuja história de luta ao lado do italiano Giuseppe Garibaldi.

Ao andar pelas ruas de casarios coloniais de Laguna, pude ter o privilégio de estar acompanhada do Sr. Hilário Pereira, nascido e apaixonado por Laguna, onde nos levou a todos os roteiros históricos, demonstrando grande conhecimento sobre Anita Garibaldi e os fascínio sobre a contemplação das  edificações preservadas das casas coloniais, de paredes rústicas até casas totalmente restauradas, com uma concentração de cerca de 600 edifícios listados pelo Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico (IPHAN) e que pode ser visto ao caminhar a pé pelo centro histórico.

Créditos: Hilário Pereira

Créditos: Hilário Pereira

Casas coloniais – Laguna – SC

O Museu Anita Garibaldi, com arquitetura preservada, tem a construção datada de 1747 – Conhecido como Edifício de Câmara e Cadeia, abrigava no piso superior a Câmara de Vereadores e no térreo, o corpo da Guarda Municipal. Foi na Câmara que se proclamou a República Catharinense Livre e Independente, sendo o palco da proclamação da República Juliana em 1839, quando os residentes de Laguna se aliaram com a Revolução dos Farrapos.

Museu Anita Garibaldi

Monumento a Anita Garibaldi – Museu Anita Garibaldi

Construção da Casa de Anita 1911 onde a jovem Ana Maria de Jesus Ribeiro vestiu-se para o seu primeiro casamento, quando se tornou Anita Garibaldi. Conserva móveis e utensílios antigos, uma amostra de terra do túmulo da heroína na Itália (em Ravenna) e o mastro do navio em que Anita deixou Laguna em 1839. Diariamente, das 9h às 17h.

Morro da Glória

O Centro Histórico, os bairros, como praias e lagoas que cercam a cidade podem ser avistados a partir do mirante, a 126 m de altura no Morro da Glória. O local também recebe peregrinos para contemplar uma imagem de Nossa Senhora da Glória, no topo do morro.

Nossa Senhora da Glória

Vista do centro histórico de Laguna no Morro da Glória

 

A Igreja Paroquial de Laguna de Santo Antônio dos Anjos, tem por destaque a imagem do santo padroeiro esculpida em cedro, o altar em estilo barroco e a tela da Imaculada Conceição pintada pelo artista de Santa Catarina, Victor Meirelles. A igreja de Santo Antônio dos Anjos foi construída no mesmo local que a primeira capela do assentamento, também dedicada ao santo padroeiro.

Créditos: Hilário Pereira

Igreja Paroquial de Laguna de Santo Antônio dos Anjos

 

A cidade também possui outra construção histórica, o Farol de Santa Marta (1891), o farol com o alcance visual mais distante da América do Sul (92 km).

Farol de Santa Marta – Laguna – SC

Localizado no Cabo de Santa Marta, o farol está rodeado pelas praias de Farol (Prainha), Camacho, Cigana e Cardoso, sendo esta última praia famosa entre os surfistas da região, localizada a 14 km do centro de Laguna.

Mas ao regressar para o Centro Histórico, não podemos deixar de visitar a Fonte da Carioca e a Casa Pinto d’Ulysséa.

 

Fonte da Carioca localizada ao lado da Casa Pinto d’Ulysséa no centro histórico de Laguna tem por história, o trabalho de 1863, restaurada em 1990, tem por tradição que os visitantes que provam a água da fonte garantem seu retorno a Laguna.

Fonte da Carioca – Laguna – SC

Placa de Restauração da Fonte da Carioca

A Casa Pinto d’Ulysséa abriga o Centro Cultural e a Loja de Artesanato Nossa Terra, a construção de 1866 preserva em sua fachada, azulejos portugueses.

Casa Pinto d’Ulysséa

O Monumento do Tratado de Tordesilhas (1494), mostra a divisão das terras recém-descobertas entre Portugal e Espanha, do Norte do Pará a Laguna.

Monumento do Tratado de Tordesilhas

Visite Laguna em Santa Catarina e apaixona-se pela sua história.

Créditos: Patrik Oening – Canal Youtube

+CLIQUE AQUI para ver mais sobre o Turismo Brasileiro.

Leia também:

Demi Lovato lança novo álbum e promete sucesso

Hambúrguer artesanal: a moda gourmet de São Paulo

Insônia: conheça os melhores Remédios naturais para dormir

A Dieta Sirtfood – emagrecer bebendo vinho e comendo chocolate

Bruno Mars faz 4 shows esgotados no Brasil

+CLIQUE AQUI para ver mais assuntos.

Informatizando no Youtube